Módulo Básico da
Mídia Rádio

Botões de controle Página Anterior Página Inicial Próxima Página
Ícone Rádio

Ecologia Sonora

Atividade 3a

Ecologia Sonora
Descrição

Desenhando Sons

Introdução

Embora, por princípio, todos os sons sejam invisíveis, uma vez que captamos sua presença no meio físico pela audição, não deixa de ser interessante a tentativa de representar o fenômeno sonoro por meio de referências visuais.

Existem, inclusive, vários sistemas estabelecidos que procuram, a partir de convenções mais ou menos arbitrárias, associar o áudio a um conjunto determinado de grafismos. Podemos incluir nessa lista, desde as onomatopéias das histórias em quadrinho até as partituras da escrita musical.

Etapa 1
  1. Clique em um dos links abaixo para ouvir um som específico.
  2. Munido de papel e lápis, procure grafar as linhas, formas e texturas que se pareçam, de acordo com a sua imaginação, com o som ouvido.
  3. Repita o mesmo processo com cada um dos quatro links (sons).
  4. Avalie os esboços e analise as semelhanças e divergências entre os desenhos, buscando identificar padrões de associação, com base em elementos, como nos exemplos abaixo:
    • Veja se a espessura e comprimento dos traços têm alguma relação como intensidade e duração dos sons;
    • Perceba se a direção das linhas indica variações de freqüência (sons graves, sons agudos etc);
    • Compare os volumes de sinais grafados e veja se podem dar uma idéia sobre o ritmo e a polifonia (várias vozes paralelas) presentes nos trechos apreciados.
    • Obs: relate todo este processo vivenciado no "Diário de Bordo" e compartilhe sua experiência no "Fórum".
Etapa 2

Selecione diferentes trechos de áudio com gravações de sons variados: música de vários estilos e andamentos (velocidade de execução) variados, ruídos de animais e máquinas, pessoas falando em contextos diferentes.

Proponha a um grupo de participantes, munidos de papel e caneta, que, individualmente, procurem grafar as linhas, formas e texturas que se pareçam, de acordo com a imaginação de cada um, com os sons ouvidos.

Avalie coletivamente os esboços e comente as semelhanças e divergências entre os desenhos, buscando identificar padrões de associação.

Numa etapa posterior, podem inclusive ser apresentadas ao grupo de participantes partituras musicais modernas e antigas, além de imagens de ondas sonoras geradas por softwares editores de áudio, para assinalar a importância e variedade dos sistemas de representação gráfica do som.

Observações

Relate todo este processo vivenciado no "Diário de Bordo" e compartilhe sua experiência no fórum específico do tópico Ecologia Sonora.

Publique na nossa biblioteca alguns dos sons e/ou imagens produzidas nesse processo. Não esqueça de identificar os arquivos, com o seu nome e a atividade correspondente.

É interessante que todo o processo resulte numa criação coletiva e que siga a seqüência habitual de uma verdadeira “composição musical”: concepção, criação, ensaio, execução, registro e apreciação.