Início do Conteúdo

Autor e Co-autor(es)

Wesley Pereira da Silva imagem do usuário

BRASILIA - DF Universidade de Brasília

Separando componentes de tinta de caneta

Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Química Propriedades das substâncias e dos materiais

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

• Conceituar cromatografia;
• Diferenciar fase móvel de fase estacionária;
• Identificar as fase móvel e a fase estacionária em um experimento prático;

Duração das atividades

Duas horas aula de cinqüenta minutos cada.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

• Métodos de separação de materiais: catação, destilação e filtração.

Estratégias e recursos da aula

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Preparando_a_aula_def.jpg

O professor deverá providenciar os materiais descritos no roteiro experimental presente na parte "desenvolvendo a aula".

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Laboratorio_de_Quimica.jpg

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Introduzindo_a_aula.jpg

No laboratório de Química o professor deverá iniciar a aula mostrando uma caneta de tinta preta. Em seguida deverá fazer a seguinte pergunta:
1 – É possível separar os componentes de tinta de caneta?

Após ouvir as respostas dos alunos, explique que algumas substâncias são extraídas de plantas através do mesmo processo que é usado para separar a tinta da caneta preta. Os químicos desenvolveram muitos métodos de separação de materiais para isolar algumas substâncias utilizadas na fabricação de medicamentos.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Desenvolvendo_a_aula.jpg

Em seguida, o professor deverá dividir a turma em grupos de três alunos e entregar o roteiro experimental a seguir:

Roteiro experimental: Separando componentes de tinta de caneta

Material:

  • Papel-filtro;
  • Caneta preta;
  • Vidro de relógio (ou pires);
  • Álcool;
  • Béquer ou copo.

Procedimentos:
1 – Corte, na forma de um retângulo de 1 cm por 6 cm, um pedaço do papel-filtro ( pode ser filtro para café).
2 – Desenhe, com a caneta preta, uma pequena bolinha a uma altura de 1 cm da borda do papel.
3 – Coloque álcool em um copo até a altura de 0,5 cm.
4 – coloque o papel dentro do copo, de forma que a bolinha pintada fique próxima ao álcool, sem tocá-lo. Tampe o copo com um vidro de relógio (ou pires).
5 – Espere por cinco minutos e retire o papel de dentro do copo.
6 – Observe.
 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Aula_04_Marc09_01.gif

Peça para que os alunos leiam o roteiro experimental citado anteriormente e iniciem o experimento. Durante a realização do experimento o professor deverá circular pela sala para sanar as principais dúvidas.
Após a realização do experimento, pergunte aos alunos qual o nome do método de separação de materiais representado no experimento? Caso os alunos não respondam, explique que o método de separação de materiais é a cromatografia. Explique que a Cromatografia é um processo físico de separação, no qual os componentes a serem separados distribuem-se em duas fases: fase estacionária e fase móvel. A fase estacionária pode ser um sólido ou um líquido dispostos sobre um suporte sólido com grande área superficial. A fase móvel, que pode ser gasosa, líquida ou ainda um fluido supercrítico, passa sobre a fase estacionária, arrastando consigo os diversos componentes da mistura.
Pergunte aos alunos qual componente é a fase estacionária e qual componente é a fase móvel? Provavelmente os alunos responderão que a fase móvel é o álcool e a fase estacionária é a tinta de caneta.
Esse processo é muito utilizado em laboratórios de análise de substâncias orgânicas na identificação, por exemplo, de substância encontrada nas vegetais.

Após a explicação, leve os alunos para o laboratório de informática.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Laboratorio_informatica.jpg

No laboratório de informática peça para que os alunos permaneçam no mesmo grupo. Peça pra que os alunos abram a simulação abaixo:

Cromatografia de papel:
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/11715/cromatografiapapel_lapeq.swf

 

 

Informe aos alunos que essa simulação é sobre cromatografia de papel, que eles acabaram de var na prática. Eles deverão clicar e arrastar cada líquido para o papel-filtro:

 


http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Aula_04_Marc09_02.jpg

Pergunte aos alunos quantos componentes tem a tinta verde? Caso os alunos não respondam, informe que a tinta verde tem dois componentes a tinta amarelo e a tinta azul.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Aula_04_Marc09_03.jpg

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Sistematizando_a_aula.jpg

Os alunos deverão fazer um relatório contendo as informações do experimento no laboratório de química e as informações sobre a simulação sobre cromatografia. Além disso, o professor poderá solicitar que os alunos respondam as questões abaixo:
1 – A tinta de caneta preta é uma substância ou uma mistura?
2 – Quantos componentes você pode identificar na tinta de caneta preta?
3 – Qual dos componentes é mais solúvel em álcool?
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1900/imagens/Atividade_Complementar.jpg

Em aula posterior o professor poderá trabalhar com outros tipos de cromatografia, como a cromatografia de coluna:
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/11718/cromatografiacoluna_lapeq.swf
Cromatografia de coluna

Recursos Educacionais

Nome Tipo
Cromatografia de papel Animação/simulação
Cromatografia de coluna Animação/simulação

Avaliação

O professor poderá avaliar os alunos através do relatório sobre os experimentos e também através das respostas às questões propostas na parte de sistematização da aula.